FANDOM


S.Cosme e S.Damião (ob. 287 d.C , Egeia), os santos gémeos, são padroeiros das crianças, médicos e farmacêuticos. A data de comemoração destes santos é dia 27 de setembro.

Vida

Cosme e Damião nasceram na Arábia e são filhos de pais cristãos. Estudaram medicina na Síria e exerceram-na em Egeia, na Cilícia. Notabilizaram-se pela caridade com os pobres, exercendo medicina sem quererem nada em troca, o que fez com que lhes denominassem de anargyros (inimigos do dinheiro). Como trabalhavam de graça, começaram a ser muito conhecidos, atraindo assim muita gente.

Naquele tempo, Diocleciano era o Imperador Romano, homem perverso que nutria forte ódio por cristãos. Ele mandou para a cidade de Egéia, onde estavam Cosme e Damião, um representante de nome Lísias. Sob o comando deste homem, começaram a torturar Cosme e Damião, até por fim degolá-los. Deste modo foram mortos no ano 287 depois de Cristo, não porque trabalhavam de graça como médicos, mas porque eram cristãos e pela sua fama tornaram-se alvo do imperador Diocleciano.

Os seus corpos foram transportados pelos seus fiéis para Roma, sob o pontificado de S.Félix, numa igreja que tomou os seus nomes. Ficaram padroeiros de cirurgiões, médicos, farmacêuticos e crianças.

Dia 27 de Setembro é celebrada uma festa em seu nome.

História Médica

A figura de S.Cosme é de grande interesse para a História Médica, pois a tradição aponta-o , desde há muitos séculos , como profissional de Medicina, juntamente com o seu irmão S.Damião.

Em Paris, pela designação de S.Cosme era conhecida a classe dos cirurgiões, a escola da Cirurgia ou o anfiteatro anatómico. Havia ainda em Paris duas classes de cirurgiões, uns de S.Cosme, ou da robe longue; outros de inferior qualidade profissional, os de robe courte.

A ordem de S.Cosme e S.Damião fundada em 1030, possuía hospitais em várias terras da Palestina. Fôra confirmada pelo papa João XX e regia-se pela regra de S. Basílio (manto branco com cruz encarnada; no cruzamento dos braços uma coroa com a imagem dos dois santos).

Alguns medicamentos medievais e posteriores eram conhecidos pelo nome de S.Cosme: cáustico do irmão Cosme; cistótomo do irmão Cosme; do irmão Cosme, etc.

Em Portugal também os dois santos Cosme e Damião foram padroeiros dos médicos (Silva Carvalho, O Culto de S.Cosme), como conta Luís de Pina(Em Verdade vos digo..., 1937):- «debaixo da sua protecção e seu amparo se instituíu em Portugal, no séc XVII uma confraria de médicos, cirurgiões e boticários, a mais antiga associação de classe médica portuguesa, seu mais velho sindicato nacional. Silva Carvalho viu documentos que provam a sua existência. Ao mesmo tempo era fervoroso o culto desses santos mártires e médicos. Dos seus altares emanava doce eflúvio curador. Um se erguia perto do altar-mor da igreja do Hospital de Todos-os-Santos, em Lisboa, ponto do qual assentou a Confraria».

Curas

Acreditava-se que S.Cosme e S.Damião através de orações e de um óleo santo conseguiam curar as doenças das pessoas e as mulheres estéreis conseguiam ter filhos.

Segundo a crença popular apareceram materializados depois de mortos, ajudando crianças que sofriam violências.


Bibliografia

  • Nutton,vivian, et al, The Western Medical Tradition, Cambridge University, Reino Unido, 1995, pp 73 - 77.
  • Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, Editorial Enciclopedia Limitada, Lisboa e Rio de Janeiro, Vol. VII, 1940, pp 842.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória