FANDOM


Manuel da Nóbrega (1517-1570) foi um célebre missionário jesuíta português, que passou parte da sua vida no Brasil. Além do seu papel na renovação espiritual, o Padre Manuel da Nóbrega contribuiu de forma notória para a divulgação das propriedades curativas das plantas.

Vida

Nascido em 18 de Outubro de 1517 em EntreDouro e Minho, cursou Humanidades na Universidade de Salamanca e formou-se bacharel em Cânones na Universidade de Coimbra em 1541. Já sacerdote, tornou-se membro da Companhia de Jesus pouco depois da sua fundação, com 25 anos, juntando-se ao Colégio de Coimbra em 21 de Novembro de 1544 [1].

Distingui-se entre os seus pares devido à sua inteligência e dedicação, e por isso, no início da colonização do Brasil, em 1549, embarcou com destino ao Brasil juntamente com o Governador-Geral do Brasil, Tomé de Souza, sob ordens da Companhia de Jesus, com a missão de proteger e converter os indígenas à fé cristã, além de fundar igrejas e seminários [1]. Assim que chegou à Baía, fundou uma igreja e iniciou a conversão dos índios de forma dedicada e bem sucedida. De tal forma, que lhe foi permitido fundar um seminário onde educava índiso convertidos. Desenvolveu trabalho intenso no sentido de eliminar a antropofagia existente entre os nativos, e de os defender contra a exploração dos colonizadores [1].

Em 1552, acompanhou o governador Tomé de Sousa à capitania de São Vicente e, dois anos depois, participa na fundação de São Paulo. Apesar do seu trabalho em prol da Companhia, em 1559, é demitido do cargo de Provincial no Brasil, sendo substituído pelo padre Luís da Graça. Não obstante, auxilia o governador Mem de Sá na expulsão dos franceses do Rio de Janeiro, actuando como seu conselheiro. Isto permitiu a posterior fundação do Rio de Janeiro, por ordem da rainha D.Catarina. Ainda nesse ano escreve Informações das Terras do Brasil e Cartas da Bahia e de Pernambuco, publicadas em Veneza entre 1559 a 1570. Em 1570, é nomeado novamente para o cargo de Provincial, mas morre no Rio de Janeiro antes de assumir o antigo posto, no dia em que completava 53 anos de idade[1].

Obra

Manuel da Nóbrega defendeu a liberdade dos índios, favoreceu a formação de aldeias, cultivou a música como auxiliar de evangelização, promoveu a alfabetização através da fundação de escolas primárias, fundou pessoalmente os Colégios de Salvador, de Pernambuco, de São Paulo e do Rio de Janeiro, onde exerceu a função de Reitor [3].

A expulsão dos franceses da baía de Guanabara no Rio de Janeiro contribuiu para o fortalecimento do poder central e para a unificação política do território [1].

Além do seu papel na renovação espiritual, o Padre Manuel da Nóbrega deixou o seu contributo na divulgação das propriedades curativas das plantas pois remetia a Portugal algumas conservas de efeito terapêutico, como o suco de ananás verde, para as pedras e areias na urina, para além de descrever o efeito terapéutico de várias plantas, como por exemplo o tabaco, relativamente ao qual descreve o fumo como agente benéfico na digestão [3].

Publicações

Escreveu diversas cartas da Baía e de Pernambuco em diversas datas, dirigidas para Lisboa a alguns padres da Companhia de Jesus e ao seu Provincial, que foram traduzidas em italiano e publicadas em Veneza em 1559, 1561, 1570 [1].

Escreveu também as Informações das Terras do Brasil, mandadas pelo Padre Nóbrega e carta do mesmo ano de 1551 [4].

É da autoria de Fernão Cardim, o Diálogo sobre a Conversão do Gentio, o primeiro texto de prosa escrito no Brasil, considerado como possuíndo um grande valor literário (1557) [4].

Escreveu ainda, entre outros, o Caso de Consciência sobre a Liberdade dos Índios (1557), a Informação das Coisas da Terra e Necessidade que há em Bem Proceder nela (1558) e o Tratado contra a Antropofagia (1559).

Bibliografia

[1] Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, Lisboa, 1957, Volume 5, pp 807-808

[2] Daniela Buono Calainho, Jesuítas e Medicina no Brasil Colonial, (2005), Tempo, nº 19, pp 61-75

[3] Eunícia Barros Barcelos Fernandes, As palavras como linhas: Fernão Cardim, (2009), Revista Brasileira de História das Religiões, Ano I, nº3, pp 167-185

[4] http://pt.wikipedia.org/wiki/Manuel_da_N%C3%B3brega (em 20 de Maio de 2009).

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória