FANDOM


Hipócrates, conhecido como o Pai da Medicina Grega, nasceu entre os anos 470 e 460 AC. Recebeu ensinamentos do seu pai e para complementar a sua formação estudou Retórica e Filosofia. O Juramento de Hipócrates é uma das suas muitas obras que se encontram reunidas na grande Colecção Hipocrática. Este juramento é feito nos dias de hoje por muitos estudantes de medicina aquando do final do seu curso.

O Juramento de Hipócrates traduz a ética que o mesmo aplicava no exercer da sua profissão. Passados dois mil e quatrocentos anos, consegue-se reconhecer boas práticas ainda hoje aplicadas pelos médicos, o que revela a importância de Hipócrates e a sua genialidade na profissão. Como exemplo pode-se referir o sigilo médico/doente, ainda hoje fulcral para o bom exercício da profissão: "Aquilo que no exercício ou fora do exercício da profissão e no convívio da sociedade, eu tiver visto ou ouvido, que não seja preciso divulgar, eu conservarei inteiramente secreto."

Está claro que, com a evolução da medicina e todas as alterações sofridas pela sociedade ao longo deste tempo, este juramento foi várias vezes questionado, e mesmo alguns autores fizeram suas alterações, adaptando à sua realidade. Afirmações como "A ninguém darei por comprazer, nem remédio mortal nem um conselho que induza a perda. Do mesmo modo, a nenhuma mulher darei substância abortiva”, que traduzem a proibição do aborto e eutanásia, são verdadeiramente contestáveis, pois em muitos países já são práticas aceites.

Bibliografia

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória