FANDOM



Durante largos anos a Medicina e a Farmácia foram consideradas um único ramo de estudo, sobre o qual um médico-farmacêutico desempenhava as duas funções em simultâneo. Os árabes tentaram separar estes ramos mas o seu insucesso arrastou-se até ao séc XIII quando finalmente se desinstalou a ligação destas duas áreas.

Durante muito tempo considerava-se que a preparação e formulação de medicamentos era arte e os seus estudos compostos por um infindável conhecimento empírico e descritivo. Estes conceitos hoje arrastam-se para um conjunto de conceitos de elevado rigor científico e evolutivo.

No séc XVI, Claudius Galenus introduziu a designação de Farmácia Galénica, sendo esta a farmácia dos medicamentos complexos. Galenus foi uma imagem de médico-farmacêutico com um verdadeiro espírito enciclopédico, sintetizou os seus conhecimentos farmacêuticos adquirindo-lhes a concepção de várias formas farmacêuticas. A sua contribuição nesta área foi essencial e os seus escritos ainda hoje chegam aos nossos dias.

O termo “faça-se segundo a arte”, foi substituído para “faça-se segundo a ciência”, pois o horizonte intelectual e científico começou a debruçar-se para a ciência, tentando sintetizar compostos farmacêuticos eficazes, seguros e de preço efectivo. Para este facto é necessário um estudo das formas de administração dos medicamentos, desenvolvimento de novos meios de administração, tendo em conta o sujeito que vai administrar os medicamentos bem como o meio em que se encontra.

Farmácia Galénica apresenta todos estes estudos, visto que tem como principal objectivo transformar os produtos naturais – drogas – em medicamentos adequados ao organismo que produzam a acção terapêutica adequada. As substâncias que o homem dispunha eram exclusivamente constituídas por produtos de natureza animal, vegetal ou mineral. Posteriormente, o homem substituiu as drogas por princípios activos extraídos isoladamente. A industrialização farmacêutica deu-se com o desenvolvimento do sistema hospitalar, durante o séc. XIX, tendo como principais marcos:

Em 1863, foi fundada a companhia “Friedr. Bayer et comp”, por Friedrich Bayer e Johann Friedrich Weskott, que em 1881 começou a desenvolver-se como indústria química denominada "Farbenfabriken vorm. Friedr. Bayer & Co."

Em 1881, Pasteur descobre o estreptococcus e a vacina contra o carbúnculo.

Em 1884 foi fundada também a empresa suíça CIBA, de fertilizantes e pesticidas. Esta empresa, teve grande significado a nível de fertilização e esterilização a nível hospitalar.

Em 1843 R. Koch iniciou a sua investigação sobre a tuberculose, até que em 1910 descobriu o bacilo responsável pela doença.

Em 1883, define a metodologia fundamental da investigação bacteriológica e epidemiológica  Prémio Nobel 1905

Em 1886, foram descobertas as primeiras drogas sintéticas, a Pirimidona e a Antifebrina – o boticário foi cedendo a sua importância à indústria que começou a desenvolver ramos de fabricação de medicamentos de alta complexidade farmoquímica.

Em 1897, o alemão Félix Hoffman conseguiu sintetizar, numa formulação pura e estável o ácido acetilsalicílico  Aspirina

Em 1900, os investigadores americanos debruçaram-se sobre as substâncias químicas indispensáveis a nossa vida – Vitaminas. A Vitamina B1,foi a primeira a ser sintetizada em 1912 pelo polaco-americano C.Funk. As vitaminas, muito rapidamente foram sintetizadas, produzidas industrialmente e comercializadas.

A insulina é a primeira hormona a ser isolada pelo canadiano F.Banting, em 1902, que é essencial para o tratamento dos diabetes.

Por fim, em 1907, P. Ehrilch inaugura o tratamento por quimioterapia e descobre mais tarde a cura para a sífilis.  Prémio Nobel 1908

O séc XX é igualmente marcado com a evolução da Tecnologia Farmacêutica, as descobertas e feitos científicos têm ganho cada vez maior impacto e importância nas técnicas de tratamento e cura de doenças. Dá-se a "Explosão dos Fármacos e da Indústria", melhorando significativamente a qualidade de vida deste século.

Neste período de evolução do hospital, farmácia e medicina ocorre também evolução da Farmacopeia Tradicional. A pouco e pouco os almofarizes são substituídos por armários com medicamentos organizados por ordem alfabética, e o nome das drogas pelo nome comercial dos novos medicamentos. Desaparecem as boticas e aparecem as indústrias farmacêuticas bem como as farmácias.

Hoje em dia a Tecnologia Farmacêutica tem um elevado poder na sociedade, visto que desta depende parte da nossa qualidade de saúde e de vida. Os marcos em toda a história evolutiva são importantes para o crescimento e desenvolvimento da ciência que constantemente progride a passos largos.




Bibliografia

http://www.anvisa.gov.br/forum/cp/post.asp?method=TopicQuote&TOPIC_ID=2513&FORUM_ID=94&CAT_ID=12&Forum_Title=Consulta+P% Fablica+n%BA+31%2C+de+15+de+abril+de+2005&Topic_Title=Resposta+do+dr.Celio+Mendes+na+Gazeta+Mercantil

http://www.ensp.unl.pt/lgraca/textos182.html

http://www.bayer.com/en/1863-1881.aspx

http://www.bayer.com/en/1881-1914.aspx

http://www.ensp.unl.pt/lgraca/historia2_sinopse5.html

http://www.maosdeminas.org.br/images/produtos/BEH012-035G.JPG

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória