FANDOM


02.jpg

Federico Angelo Cesi(N. Roma, Itália, 1585; Ob. Acquasparta, Itália, 1630). Cientista e naturalista italiano que fundou a Accademia dei Lincei.

Vida

O lugar histórico de Federico Cesi como um percursor da botânica moderna científica foi eclipsado pela sua estatura como o fundador da primeira academia científica moderna verdadeira, a Accademia dei Lincei. Cesi era, contudo, um pioneiro no sistema botânico de classificação bem como no estudo microscópico da estrutura da planta. Marquês hereditário de Monticelli e duque de Acquasparta, adquiriu esses títulos em 1628 e 1630. Em 1613 foi feito príncipe de San Angelo e San Polo, assumindo a administração de todos os bens da família em 1618. O seu status nobre, juntamente com o apoio moral e financeiro da sua mãe, Olimpia Orsini, ajudaram-no a levar a cabo o seu programa científico. Foi em 1614 que casou com Artemisia Colonna, que morreu em 1615. Do seu casamento com Isabella Salviati, em 1617, deixou duas filhas. A sua saúde foi durante muito tempo precária, acabando por morrer em 1630. A sua biblioteca, instrumentos científicos e manuscritos dispersos foram readquiridos, depois da sua morte, pela academia que fundou em Roma, que viria mais tarde, em 1875 a ser reconstituida como uma academia nacional.

A Accademia dei Lincei

As primeiras academias resumiam-se a encontros em casa de nobres ou mecenas, onde se debatiam temas que iam da poesia à matemática, passando por astrologia, filosofia e medicina. Esses grupos evoluiram para sociedades, mais ou menos organizadas, das quais a Accademia dei Lincei, fundada inicialmente por quatro jovens aristocratas, entre os quais Federico Cesi. A academia rapidamente sofreu a oposição do pai de Cesi e de outros aristocratas romanos. Os seus membros eram acusados de magia negra, oposição à doutrina da igreja e de viverem uma vida escandalosa. O membro mais famoso da academia foi Galileo. Depois do seu ingresso, a academia cresceu rapidamente, passando a ter trinta e dois membros, incluindo muitos estrangeiros. Foi através desta academia que Galileo publicou o seu opúsculo em que anunciava a descoberta de manchas solares e onde já defendia o sistema Copérnico. Quer pessoalmente ou através da academia, Cesi patrocionou a publicação de trabalhos científicos, tendo feito circular a informação científica no início do século XVII. Quando em 1616 a doutrina copernica foi proibida, Cesi apoiou a liberdade de opinião ao alcance da academia, representando os interesses desta em discussões diplomáticas. Federico Cesi tentou, sem sucesso, estabelecer filiais da academia em várias cidades italianas e no estrangeiro, prevendo uma sociedade científica internacional. Para além disso, convencionou um sistema para a classificação das plantas, baseado na morfologia e fisiologia e descreveu a sexualidade das plantas no decurso dos estudos da anatomia microscópica das plantas. Desta forma, antecipou por mais de um século o trabalho de Lineus. À sua morte segui-se a condenação de Galileo e o colapso da academia.

Obra

Theatrum totius naturae, um “teatro universal da natureza”, começado em 1615 e nunca concluído.

Outras contribuições

-Dirigiu as escavações de Carsulae

Referências Bibliográficas

Bynum, W. F. & Porter, R. (1993). Companion encyclopedia of the History of Medicine. Routledge, London and New York. Vol. 1-2.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória